Logotipo da revista

Publicação digital organizada por José Augusto Camargo, jornalista e sociólogo com o objetivo de debater a realidade social contemporânea em seus múltiplos aspectos.

Neoliberalismo e o desmonte do Ministério do Trabalho

 Trabalho & Economia   Julho 28, 2021

Neoliberalismo e o desmonte do Ministério do Trabalho

mdo Guto Camargo

Uma das características principais do neoliberalismo é o combate ferrenho aos sindicatos que são, em essência, os guardiões dos direitos trabalhistas conquistados em décadas de luta. A completa implantação da doutrina se efetiva pela desregulamentação do mercado de trabalho que, por sua vez, dá início a um novo ciclo de acumulação do capital sem os freios e contrapesos impostos pelo movimento sindical.

Leia mais

Outras Publicações

...
Livro avalia o impacto das plataformas digitais no jornalismo

Livro avalia o impacto das plataformas digitais no jornalismo Guto Camargo

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) lançou o e-book “O impacto das plataformas digitais no Jornalismo”, cuja organização é do diretor de Relações Institucionais da FENAJ, José Augusto Camargo. Fruto do trabalho de jornalistas e pesquisadores de diferentes áreas, com o apoio da Fundação Friedrich Ebert, a publicação reúne artigos que tratam do impacto político, econômico e cultural das mega corporações mundiais da internet no ecossistema jornalístico brasileiro, notadamente, das plataformas digitais de negócios e de redes sociais. O livro tem o objetivo de traçar, o retrato de como a internet está estruturada no país e seu reflexo sobre o jornalismo

...
Jornalistas não tem o que celebrar sobre 1964

Jornalistas não tem o que celebrar sobre 1964 Guto Camargo

A introdução oficial da imprensa no Brasil ocorre em 1808 com o surgimento do Correio Braziliense (1 de junho de 1808) editado por Hipólito José da Costa que por problemas políticos era impresso em Londres e remetido ao país; em seguida é criada a Gazeta do Rio de Janeiro (10 de setembro de 1808), este impresso em terras brasileiras, e que conta com o apoio do imperador Dom João VI que permite sua confecção nas oficinas da Impressão Régia em troca da divulgação dos atos oficiais, e que por isto é tido por muitos como precursor do Diário Oficial.

...
Sindicalizar-se no ramo digital pode ser arriscado

Sindicalizar-se no ramo digital pode ser arriscado Guto Camargo

A Medium é uma rede social voltada para um conteúdo mais sério que as impressões pessoais que dominam a internet. É uma espécie de agregador de blogs pessoais que publica textos mais elaborados ou mesmo literários, sendo que a plataforma oferece apoio, divulgação e fidelização de leitores. Para alavancar esta proposta a rede mantinha nove publicações próprias com jornalistas contratados, mas agora tudo mudou e o objetivo passa a ser “apoiar vozes independentes em nossa plataforma” o que resultou na demissão de todo o departamento editorial.

...
Internet e liberdade de expressão

Internet e liberdade de expressão Guto Camargo

Na década de 1960, auge da guerra fria, o Pentágono passou a estudar a criação de uma rede de comunicação entre computadores. Sob ameaça de um eventual ataque nuclear e em meio a corrida espacial (uma vez que os soviéticos saíram na frente com o lançamento do satélite Sputnik, em 1957) foi criada a Arpa (Advanced Research Projects Agency) que, por sua vez, criou em 1969 a ARPANet que tinha o objetivo de interligar as bases militares e os departamentos de pesquisa do governo americano envolvidos no projeto. Assim, o embrião da internet surgiu a partir do complexo industrial militar dos EUA. Como é comum nestes casos, o sistema foi desenvolvido com a colaboração (através de projetos e financiamento) de universidades, o que permitiu que a rede fosse usada também para pesquisas acadêmicas.

...
Crise digital, redes sociais e a suspensão das contas de Trump

Crise digital, redes sociais e a suspensão das contas de Trump Guto Camargo

No dia 6 de janeiro, incentivado pelo próprio presidente Donald Trump dos EUA através das redes sociais, um grupo de seus apoiadores invade o Capitólio, como é conhecido a sede do congresso americano. Passada a aventura, dois dias depois o Twitter suspende permanentemente a conta de Trump (que possuía 88 milhões de seguidores) “devido ao risco de mais incitação à violência” e sob a alegação de que desrespeitava as regras da rede social. Em seguida foi a vez de Mark Zuckeberg, do Facebook, tomar medidas restringindo o acesso do presidente à sua conta no que foi seguido também pelo Instagram. Fica registrado aqui que se trata do mais um episódio da “crise digital” que assola a sociedade contemporânea.

...
A charge que se multiplicou

A charge que se multiplicou Guto Camargo

Tudo começou com o ministro da Justiça defendendo o governo do seu capitão ao querer enquadrar o jornalista Ricardo Noblat na Lei de Segurança Nacional pela publicação de uma charge do cartunista Renato Aroeira. Como não era a primeira vez que autoridades e poderosos procuravam com o uso da força e da intimidação cercear o trabalho de jornalistas e artistas, um grupo de chargistas que se conectam pelas redes sociais organizaram um verdadeiro movimento virtual de desobediência civil.

Copyright © 2021 Contexto Social. All Right Reserved.
Powered by Bludit - Theme By BlThemes